Você está aqui

Belgas na colônia do Valão dos Veados em 1847

Em 1847, foi fundada na Provincia de Rio de Janeiro, na atual cidade de São Fidelis, a colônia Valão dos Veados, pela "Companhia para combater o comércio dos escravos e promover a colonização", com auxílio do governo, e povoada com imigrantes de diversas nacionalidades — belgas, alemães, franceses, portugueses. No mesmo ano chegaram à região cerca de 342 colonos. Entre eles tiveram no mínimo, em 2 de fevereiro de 1853, 13 belgas, como consta no "Relatório apresentado a Assembléa Geral Legislativa na Terceira Sessão da Nona Lagislatura pelo Ministro e Secretário de Estado dos Negócios do Império, Luiz Pedreira do Coutto Feraz" (sobre o ano 1854 - publicado em 1855). 

Colonia Vallão dos Veados

O livro "História do Brasilde Gottfried Heinrich Handelmann (1827 – 1891) discorda com este número de colônos e descreve "Em 1850 contava 246 habitantes, e daí em diante não terá aumentado o número antes diminuído, visto que já então todos aqueles que tinham uma profissão se dispersaram pelos arredores."

Informação que é contraditario ao que consta no site http://www.saofidelisrj.com.br/municipio/colonia: "Por volta de 1870, a colônia do Valão dos Veados contava com a presença de 540 colonos, entre portugueses, franceses, belgas, alemães, espanhóis e italianos. Um fato que poucos sabem é que a região de Colônia foi a segunda maior em quantidade de imigrantes do Estado do Rio de Janeiro, só perdendo para Petrópolis." 

No livro "Da senzala à colônia", o autor Emília Viotti da Costa, informa na página 158, que nos dez anos depois da fundação da Colônia, entraram cerca de seiscentos colonos, alguns engajados pelo próprio proprietário, outros como foreiros." e acrescenta "Acabaram todos por se dispersar. Em fazendas de Palmital, Cantagalo, Santo Antônio etc., havia, dez anos mais tarde, numerosos colonos do Valão dos Veados." 

Informações sobre os nomes dos Belgas e seus destinos, ainda faltam.

 

Português, Brasil