Você está aqui

Inscrever Direitos Humanos (Estação Luz do Metrô, São Paulo)

Location: 
Estação da Luz, São Paulo - São Paulo
São Paulo Estação Luz Direitos Humanos
Tipologia: 

Obra da belga Françoise Schein, batizada como Inscrever Direitos Humanos na Estação Luz do Metrô, ocupa paredes e colunas da estação e terá 700 metros quadrados dos quias 102 m² são realizados.

Parte do trabalho nos azulejos, está sendo feita fornos na oficina do SESC Pompéia. Além de Françoise, estão na coordenação da execução, a artista plástica Tatiana Dalla Bona e a arquiteta e urbanista Laura Taves, que tem experiência na elaboração de painéis artísticos com participação de pessoas de comunidades cariocas menos favorecidas. 

Direitos Humanos Françoise ScheinTendo como proponente o Instituto Brasil Leitor, a iniciativa é da ONG Danyann: Aprender e evoluir, que se preocupa em oferecer cursos profissionalizantes para jovens estudantes. Maria Helena Dalla Bona, diretora da ONG, assumiu o risco de iniciar o trabalho mesmo sem captar os cerca de R$ 500 mil reais aprovados pela Lei Rouanet. “Além da importância intrínseca desse painel, fazê-lo significa alinhar a uma proposta fundamental de cidadania e humanismo, conduzida pela Françoise Schein, que já entregou obras semelhantes em Paris, Lisboa, Estocolmo, Berlim e Bruxelas, e tem intervenções artísticas em várias cidades da Europa e Estados Unidos. Temos certeza de que encontraremos parceiros para viabilizar tudo aqui em São Paulo”, diz Maria Helena.

Direitos Humanos Françoise Schein

"Eu aprendi a história do Brasil junto com a adoptação da minha filha no Rio de Janeiro e lendo mais de 50 livros fazendo os 15 panéis sobre a história de São Paulo". falou durante uma entrevista com Marc Storms em setembro de 2015.  Estes novos panéis, apresentados pela primeira vez ao publico durante a exposição “Françoise Schein: Artista dos Direitos Humanos” organizado de 22 de setembro a 22 de novembro de 2015 na Fundação Armando Alvares em São Paulo, vão ser acrescentados nos já existentes na estação da Luz em São Paulo junto com os trabalhos das crianças de escolas da periferia. A previsão é fazer isto durante o ano 2016. Ainda faltam patrocinadores para bancar o trabalho delicado de colar as azulejos nas paredes da estação que sofrem vibrações da passagens dos trens, trabalho que só poderia ser feito durante poucas horas à noite, quando o metrô fecha as portas.

 

Fonte: http://www.inscrire.com/brasil_subway_luz.php

Fotos: Marc Storms, janeiro de 2015 e setembro de 2015