Você está aqui

Minette de Tilesse, Gaetan (1925-2010)

Caetano Minette de Tilesse
Social Media: 

Natural de Neder-Okkerzeel, uma cidade perto de Bruxelas, Bélgica, Gaetan Minette de Tilesse, nasceu em 07 de junho de 1925, com segundo filho de Georges Minette de Tiliesse e Augusta de la Zangrye Baronne. Sacerdote, escritor, exegeta e fundador do Instituto Religioso Nova Jerusalém, além de idealizador e construtor do bairro e da paróquia de Cristo Redentor. É conhecido como Pe. Caetano.

Depois de ter lutado na segunda guerra mundial, entrou no mosteiro Cisterciense Trapista de Orval (Bélgica), em 11 de fevereiro de 1946, ali permanecendo até março de 1968 (totalizando, assim, 22 anos de silêncio e contemplação). Estudou Filosofia e Teologia no mesmo mosteiro, mas em 1952, foi enviado à Roma, para tirar a licenciatura em Teologia na faculdade Gregoriana, e, em seguida ingressou no instituto Bíblico, onde tirou a licenciatura em Bíblia. Durante 11 anos lecionou Bíblia, Liturgia e Novo Testamento em seu mosteiro, sendo ali o único professor de Bíblia.

Gaeten Minette de TilesseDepois do Concilio, aprofundou-se, no Mosteiro de Orval, um estudo sério, comunitário, sobre a possibilidade de fazer uma fundação diferente, renovada, mais inserida no meio do povo. Dois dos monges de Orval (dentre eles Pe. Caetano) pediram a autorização para fazer uma experiência renovada no Brasil, onde chegaram em 28 de março de 1968. Fizeram uma experiência de 8 meses em Salvador, acolhidos carinhosamente no Mosteiro de São Bento e trabalhando na favela de Pau Miúdo, em Salvador. Em novembro de 1968 optaram definitivamente por morar e trabalhar na cidade de Fortaleza (CE), onde se decidiram pelo sofrido e marginalizada bairro do Pirambú (atualmente Cristo Redentor).

Pe. Caetano é autor de várias publicações, tais como ainda na Bélgica a partir do ano de 1962, uma revista especializada, sobre as mudanças do singular para o plural (Tu — Vós) no livro do Deuteronômio. No mesmo ano lança na Revista Clairs Regards artigo sobre o perdão dos pecados no Novo Testamento. 1964 na Revista Ecumênica, artigo sobre o mistério do povo judaico, ainda e sempre povo de Deus. 1965 na Revista Ecumênica, artigo sobre a Igreja e o Mundo. Lança em 1968 sua tese de licenciatura do Instituto Bíblico de Roma, transformado em livro sob o titulo “O Segredo Messiânico em São Marcos”.

A Partir de 1968, no Brasil, lança os títulos: A Teologia da Libertação à Luz da Renovação Carismática; Eclesiologia (1 e II); Doutrina Social da Igreja (Documentos); Um Novo Seminário de Oração — Os doze graus da oração de Jesus (Padres do Deserto); a RBB — Revista Bíblica Brasileira (1984 — 2004), revista especializada para um estudo aprofundado da Biblia. Alternando a cada ano um estudo do Antigo e do Novo Testamento; sendo esta publicação de quatro números anuais, um deles trazendo recensões.

Gaetan (Caetano) Minette de Tilesse foi homenageado na Assembléia Legislativa do Estado de Ceara como Cidadão Cearense. Faleceu na manhã do dia primeiro de janeiro de 2010.

O livro “Um Monge Missionário: Vida e Obra de Pe. Caetano Minette de Tillesse” resume o trabalho religioso e social do padre e faz um panorama do bairro Cristo Redentor na época. A obra foi organizada por Irmão Narcélio Ferreira de Lima, editora Cenáculo Universal/RJ.

Livro sobre Pe. Caetano Minette de Tilesse

Fontes: