Você está aqui

Edifício da Escola Superior de Agricultura (Piracicaba)

Location: 
Avenida Pádua Dias, 11 , Piracicaba - São Paulo
Piracicaba ESALQ Van Humbeeck
Data de inauguração: 
terça-feira, 14 Maio, 1907
Tombado: 
som

A construção do edifício principal iniciou-se em 1896, interrompendo-se no ano seguinte. Somente em 1905, a obra é retomada e o edifício finalmente inaugurado em 1907. O parque que envolve a sede foi implantado nesse período seguindo um projeto do paisagista belga Arsène Puttemans.

Em 1895, o diretor da Escola, o engenheiro agrônomo belga Leon A. Morimont, saído do Institut Agricole de Gembloux na Bélgica, apresentou um detalhado projeto para o secretário da Agricultura do Estado de São Paulo, Jorge Tibiriçá. Não há referência direta de que a autoria do plano geral e dos projetos das edificações sejam do próprio Morimont.

O projeto contém planta da fazenda; projeto de adaptação e implantação do conjunto; planta geral do núcleo da escola, o “colégio-internato”; além de projeto detalhado desse colégio. Em 1896 foi lançada a pedra fundamental; iniciadas as obras, muitas dificuldades ocorreram e impossibilitaram sua conclusão no prazo previsto. No final desse ano, Morimont foi substituído pelo engenheiro Adolpho Barbalho Uchôa Cavalcanti na direção das obras, que prosseguem lentamente, até que, alguns meses depois, o governo suspendeu os trabalhos alegando falta de recursos, com o edifício principal limitado aos alicerces.

Quando as obras são reiniciadas em 1905, com o agora presidente do Estado Tibiriçá, o projeto do edifício principal sofre modificações em alguns detalhes de distribuição interna e no desenho da fachada, conforme projeto do engenheiro arquiteto belga José Van Humbeeck, projetista da então Diretoria de Obras Públicas do Estado. O edifício é finalmente concluído e inaugurado em 1907.

Van Humbeeck ESALQ acervo da ESALQ

O projeto de 1895 preveniu um longo edifício de cerca de 100 m, simétrico, em dois pavimentos com três corpos transversais que se destacam. Constituía-se no centro organizador da principal área da Escola, articulando-se, por um lado, com a “fazenda modelo”, e, por outro, com o “posto zootécnico”. Dessa proposta somente o edifício principal foi executado, os demais elementos foram construídos em outros pontos da fazenda.

Logo após sua inauguração o professor Ricardo Ernesto Ferreira de Carvalho, se referia ao edifício: “... por suas vastas acomodações escolares, e pelo estilo sóbrio e gracioso de suas formas arquitetônicas, desafia o confronto com os congêneres da Europa, onde, por via de regra, são aproveitados, para tais fins, vetustos castelos e mosteiros de antigas propriedades feudais e religiosas”.

A Escola se expande e outras edificações foram sendo construídas, compondo o conjunto que corresponde ao atual campus de Piracicaba da USP.

Van Humbeeck ESAQL edificio central

Fontes:

  • http://www4.esalq.usp.br/institucional/historico 
  • p. 182 – 191 do livro "BENS IMÓVEIS TOMBADOS OU EM PROCESSO DE TOMBAMENTO DA USP." 2. ed. São Paulo (SP); São Paulo (SP): Editora da Universidade de São Paulo; Imprensa Oficial do Estado, 2001. 222 p. ISBN 853140486X.

Fotos