Você está aqui

Restaurante Ancoramar ou Torreão do antigo mercado municipal (Rio de Janeiro)

Location: 
Praça Marechal Âncora, 184 , Rio de Janeiro - Rio de Janeiro
Ancoramar Ateliers Willebroek Rio de Janeiro
Tombado: 
sim

O primeiro mercado do Rio de Janeiro foi projetado na primeira metade do século XIX pelo arquiteto francês Grandjean de Montigny, na beira da antiga praia de D. Manuel, junto do largo do Paço, para disciplinar o comércio de gêneros alimentícios – sobretudo peixe – na zona central. Um novo mercado, bem maior, foi inaugurado pelo prefeito Pereira Passos em 1908, como parte das grandes obras de remodelação urbana. Tinha planta quadrada, com pavilhões longitudinais e cinco torreões octogonais – um maior no centro, com relógio, e quatro menores nos ângulos externos.

O edifício em geral é de ferro e o material foi fornecido à Companhia Edificadora, pela casa comercial desta praça, Behrend, Schmidt & C., sendo dos fabricantes Hoppins Causer & Coppins, de Birminghan e do atelier Willebrock de Bruxelas. A montagem do pavilhão central e pavilhões angulares foi feita sob a direção de um engenheiro do Atelier de Willebrock e a dos quatro portões monumentais, por um engenheiro de Causer & Coppins com a responsabilidade de Behrend, Schmidt & C.” escreve o Jornal do Comércio do Rio de Janeiro em 14.12.1907.

Ancoramar Ateliers Willebroek Rio de JaneiroProvavelmente os pavilhões angulares e o central exigiram uma maior assistência técnica devido à sua complexidade estrutural, em parte devida à planta octogonal. Eram também, junto com os portões, os elementos do conjunto onde se concentravam as preocupações decorativas. Vê-se portanto, mais uma vez, o caso de engenheiros das fábricas européias supervisionarem a montagem de edifícios de ferro no Brasil. Interessante também notar a participação de dois fornecedores, de nacionalidades distintas, numa mesma obra, o que, pelo menos, ilustra a competição, que existiu no fim do século, para a conquista do mercado consumidor de além-mar, quando a Inglaterra não era mais absoluta.

Em 1933, num desses torreões menores, começou a funcionar o restaurante Albamar. Nos anos 50, o mercado foi demolido para a construção do elevado da Perimetral, mas o torreão do restaurante Albamar sobreviveu, solitário, com sua belíssima estrutura metálica importada da Bélgica (Ateliers de Willebroeck). O interior foi reformado em 1964 pelo arquiteto Roberto da Costa Soares. O espaço ganhou um novo nome, a partir do dia 19 de maio de 2016: Restaurante Ancoramar, uma homenagem à Praça Marechal Âncora, onde está localizado.
 
Ancoramar Ateliers Willebroek Rio de Janeiro
O prédio sofreu da passagem do tempo e da proximidade do mar com água salgada e ventos fortes. Este será totalmente revitalizado com previsão do fim dos trabalhos em 2017.
 
Tombamento Provisório: 11.01.1979
Tombamento Definitivo: 26.01.1983

Fontes

Fotos coloridas: Marc Storms, julho de 2016.